01 de janeiro

KENDO

O Caminho da Espada em busca do refinamento interior​

Bokuto

Bokuto de
Miyamoto Musashi.
(única réplica,
acervo do Sensei
Jorge Kishikawa)

KEN = espada samurai
DO = Formado pelos sufixos “kubi” (pescoço) e “shinnyuu” (avançar),
este ideograma significa: 1. Caminho, via; 2. Ensino, lição, doutrina, preceito; 3. Aprendizagem, arte; 4. A base do Universo, o Caminho correto.

DO, ou Caminho, passou a ser utilizado na acepção de Doutrina, Preceito, Arte, dentro do budismo, a partir da expressão “Nyu-Do” (entrar no caminho)

– que significa “ordenação, tornar-se monge” – já antes do século 12.

O Kendo, encarado a fundo como Caminho, é portanto a prática onde colocamos nossas vidas à disposição do treinamento com a espada, para atingir a retidão e a Sabedoria Universal.

Um Caminho onde literalmente se coloca o “pescoço” à disposição de uma prática austera. Um Caminho, uma Filosofia de vida, em que se deve mergulhar de corpo e alma no treinamento, para a evolução espiritual.

E, por carregar o sufixo DO, longe de ser uma prática esportiva, é uma prática sagrada onde um verdadeiro Mestre (Sensei) é essencial (kanjin) para a iluminação espiritual (Satori).

 


 

O verdadeiro praticante do Kendo, como Caminho, deve em toda a sua trajetória, buscar os 4 Shiho (alicerces):

  1. NYUDO NO KOTO – Encontrar e conviver com um verdadeiro Mestre, interagindo e recebendo deste sua sabedoria e experiência.
  2. GAKUSHIN NO KOTO – Conhecer e estudar as origens do Caminho.
  3. HOSHIN NO KOTO – Promover práticas que tragam mudanças em suas atitudes e comportamento.
  4. DOSHIN NO KOTO – Primar pela busca da sabedoria e iluminação espiritual, o Satori.

 

Makimono de Niten Ichi Ryu do Sensei Jorge Kishikawa

Makimono de Niten Ichi Ryu do Sensei Jorge Kishikawa

 

Estes 4 alicerces do Kendo, como Caminho, são encontrados no Instituto Niten, de forma única no mundo:

Kakejiku

Kakejiku de Aoki Soke, 8º Soke (Grão Mestre) do Niten Ichi Ryu. (Acervo do Sensei Jorge Kishikawa)

  1. NYUDO NO KOTO – O praticante recebe os ensinamentos do Sensei Jorge Kishikawa, um Mestre que por sua vez, conviveu durante quatro décadas com incontáveis Grandes Mestres dos estilos mais antigos do Japão, em quantidade e profundidade de convívios, experiências, graduações e conhecimentos técnicos, o que o tornou único no mundo neste aspecto.
    Os ensinamentos no Instituto Niten são transmitidos através dos treinos, do convívio, e nos Momentos de Ouro.
  2. GAKUSHIN NO KOTO – No Instituto Niten são praticados ensinamentos de escolas fundadas há mais de 700 anos, além da filosofia e a prática do Bushido e o Hagakure, aplicados aos tempos modernos.
  3. HOSHIN NO KOTO – A prática no Instituto Niten é voltada para a busca pela sabedoria, ela que norteia todo o processo de treinamento do aluno, mantendo distância do ruído dos jogos e competições.
  4. DOSHIN NO KOTO – De maneira similar aos monges, ao realizar o Shugyo (práticas intensivas) em seu retiro espiritual, os alunos deixam sua vida mundana para aprimorar a técnica e buscar a iluminação que está por traz de todo o Caminho. No Caminho da Espada a busca se dá pelo espírito de combate, o Satori da espada.

 

“A vida é curta demais para se perder tempo atrás de medalhas.
Não perca um segundo na busca da invencibilidade e da Sabedoria Universal.
Aprenda as técnicas com os maiores mestres da história.
O Kenjutsu e o Kendo Caminho encontram-se como ventos e nuvens no alto das montanhas.
No alto das montanhas, é preciso mais reflexão – e menos competição.”

Sensei Jorge Kishikawa

 

“Um anelo de ventos e nuvens apoderou-se do meu coração
e tive anseios de vivenciar a essência das flores e dos pássaros.”

Basho

 

O silêncio da alma reflete a perfeição

O silêncio da alma reflete a perfeição